Meriti Online
Notícias de São João de Meriti todo dia

Plano Diretor – Segunda Audiência Pública foi realizada nesta quinta-feira

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

20 de maio de 2021.

Na manhã desta quinta-feira (20), aconteceu a segunda Audiência Pública do Plano Diretor de São João de Meriti. O evento, que tem como objetivo planejar o futuro da cidade para os próximos 10 anos, ocorreu no auditório do Meriti Previ, no Jardim Meriti.

Representantes de diversas secretarias, da Câmara de Vereadores e da sociedade civil debateram os temas sensíveis para o futuro da cidade por meio de sugestões, críticas e elogios. Temas como infraestrutura viária, ferroviária e elétrica, verticalização urbana, meio ambiente, tecnologias e impactos sociais foram alguns dos tópicos abordados no encontro.

Vale lembrar que o Plano Diretor é uma lei (Lei Complementar Nº 089, de 21 de novembro de 2006) e que também prevê que a cidade seja cada vez mais justa para todos. Ele é conduzido pela prefeitura, com participação da população e aprovado pela Câmara dos Vereadores.

Ana Cláudia Alves, subsecretária de Habitação e Urbanismo, que dirigiu o evento pela Secretaria de Captação de Recursos, Urbanismo e Habitação, falou sobre a importância da execução da audiência:

“O Plano Diretor é um norte para o planejamento do nosso município. A última revisão foi concluída em 2006, ou seja, estava muito defasada e o prefeito Dr. João teve coragem de fazer. É por meio do plano que todas ações governamentais podem ser implementadas. Por isso, se queremos um avanço ordenado da cidade, precisamos ter o Plano Diretor como nossa cartilha”, destacou.

Ricardo Araújo, auditor fiscal e representante da Secretaria de Fazenda, ressaltou que o plano demonstra o potencial socioeconômico da cidade, bem como sua capacidade evolutiva, trazendo assim um bem-estar econômico e social para a população.

O auditor falou sobre justiça tributária, onde o contribuinte paga seus impostos de forma justa e acessível e que a redistribuição destes fará com que a arrecadação aumente, sem onerar injustamente o contribuinte, trazendo por consequência maior receita e mais investimentos na cidade. “Estamos estudando isso no intuito de trazer essa justiça tributária. A administração pública vem fazendo sua parte, contamos agora com a participação da população, não apenas no pagamento de impostos, mas também pelo zelo com o bem público ”, afirmou.

Representando o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro – CREA/RJ e o Conselho de Desenvolvimento Urbano da cidade, o engenheiro elétrico e morador de Meriti desde 1964, Eraldo Teixeira, falou sobre diversos temas, entre eles, o crescimento vertical:

“Queremos trazer nossa experiência de tantos anos para dar todo apoio e suporte à prefeitura em seu avanço. Não temos mais área para onde crescer a não ser para cima, então é importante que isso seja ordenado”, disse o engenheiro.

Com a conclusão desta etapa, o próximo passo é a apresentação do Plano Diretor para o prefeito da cidade e para o procurador-geral do município. Em seguida, deverá ser votado na Câmara de Vereadores e, caso aprovado, a execução das novas diretrizes é iniciada imediatamente.

Eraldo Teixeira - CREA-RJ

Ana Cláudia - subsecretária de Habitação e Urbanismo

Plano Diretor

Plano Diretor_2

Plano Diretor_3

Plano Diretor_4

Plano Diretor_5

Plano Diretor_6

Plano Diretor_7

Plano Diretor_8

Plano Diretor_9

Plano Diretor_10

Plano Diretor_11

Plano Diretor_12

Ricardo Araújo - audtor fiscal de Meriti

Inscreva-se em nossa Newsletter
Cadastre e receba notícias direto para seu email
Você pode se desinscrever a qualquer momento
você pode gostar também
Comentários
Loading...